igor morales



sobre
about

exposições exhibition views

email
instagram
nãooriginais

nonoriginals


Quando os objetos deixam de ser objetos? Ou devo perguntar: quando começamos a objetificar as coisas?



Um objeto é sua matéria e sua verdade. No entanto, no ocidente, muitas vezes nos detemos na ideia de um objeto ser algo que tem uma finalidade muito específica: ser olhado, ser usado etc. Mas um objeto é algo que nos afeta. Sua animação potencial é justamente essa: nossa, ou seja, nossa capacidade de abstrair de sua matéria, de lhe dar sentido. Se voltarmos à teoria da gestalt e considerarmos sua abordagem da forma, podemos sugerir que cada objeto é potencialmente outro objeto, pois sua natureza é tão sutil quanto impermanente.



+



2017 - agora (now)